Tensão pré-casamento

6 março 2015

A gente passa a vida sonhando com o dia em que seríamos pedidas em casamento. Aí esse dia chega, ficamos super empolgadas, nos sentimos a mulher mais feliz e sortuda da vida! Até que começam os preparativos...

Aliás, no começo do planejamento do casamento tudo parece um sonho, mas com o passar do tempo descobrimos que tudo é mais caro que imaginamos, que para o sucesso de um casamento precisa de muitos mais fornecedores que imaginamos, que não é tão simples assim montar uma lista de convidados e por aí vai.

il_fullxfull.222571409

Sabendo que muitas mulheres sofrem desse mal, a tensão pré-casamento (TPC), convidei a Carolina Perrela, pscicóloga clínica e apaixonada pelo campo de relacionamentos e pelo comportamento humano. Sua paixão pelo tema é tão grande que virou objeto de estudo e acabou dando origem um projeto super bacana: o Projeto Bem Casados, um projeto de preparação emocional para noivas interessadas em construir uma base sólida para seu casamento! Super inte, ssanão acham?

A seguir ela vai nos dar algumas dicas de como perceber os sintomas, identificar as origens e também de como lidar com todo o estresse.

Screen Shot 2015-03-05 at 11.49.08 PM

O período pré-casamento, apesar de ser uma fase maravilhosa na vida de uma pessoa, muitas vezes pode ser um momento estressante... tanto é, que o estresse que atinge as mulheres e homens antes do casamento virou objeto de estudo na psicologia! Já ganhou uma sigla... a TPC (Tensão pré casamento) e até programas de televisão foram produzidos sobre este tema!

E por quê? Os motivos são variados...

As mulheres muitas vezes se sentem sobrecarregadas com o aumento de funções com a preparação do casamento, as expectativas para que saia tudo como sonhou, a saída de casa, finanças, os novos papéis a se desempenhar como o de esposa, cuidar da casa, do marido e desta nova família que está se formando...além da expectativa de como será a vida a dois.

Frente a tantas mudanças importantes é comum sentimentos como medo, insegurança, dúvidas e pensamentos do tipo: “Será que vou dar conta?”

Muda-se a dinâmica familiar, as obrigações financeiras, a rotina, as funções, os papéis... E a ansiedade faz parte de todo processo de mudança, mesmo que esta mudanca seja extremamente positiva e desejada!

A ansiedade e estresse são inerentes a esta fase. A grande diferença entre aqueles que se sentem sobrecarregados com eles e aqueles que não sentem, não é a presença ou não do estresse, mas sim a habilidade de reconhece-lo quando ocorre e maneja-lo saudávelmente.

Pensando nisso elaborei algumas dicas de gestão do estresse para vocês:

Screen Shot 2015-03-05 at 11.42.17 PMOs mais comuns são as dores de estomago, dor de cabeça, dor nas costas, problemas para dormir, baixa concentração, mau humor, irritabilidade, excesso de pensamentos... os sintomas de estresse vão de A a Z por isso é sempre indicado buscar uma orientação do seu médico.

Screen Shot 2015-03-05 at 11.44.05 PM

Durante o período pré-casamento existem muitas decisões importantes a serem tomadas, gastos a mais, expectativas e novos papéis. Muitas pessoas não tomam consciência do quanto o estresse pode impactar a felicidade e os nossos relacionamentos. Talvez um dos aspectos mais difíceis deste período, é esta disparidade entre o estresse, que é inerente a mudança de ciclo de vida, e a expectativa de um momento de extrema felicidade e realização!

  • Cuidado! Perfeccionismo na organização do casamento é muito comum, e pode ser uma grande fonte de estresse! Busque o bom o suficiente, e não o perfeito!
  • As outras fontes de estresse da sua vida não acabam porque você ficou noiva, e estes estressores adicionais se somam aos estresses inerentes ao casamento… Isso é normal! Tenha em mente que toda mudança pode nos gerar estresse, mesmo as mudanças positivas!
  • Outros fatores comuns que contribuem para o estresse: Trabalho, excesso de compromisso, sensação de falta de tempo, mudança, viagem, doenças, perdas… para aqueles que estão embarcando em um segundo casamento, ou já são pais, a preocupação com a reação e demandas das crianças e complicações financeiras também podem ser fatores de estresse.

Screen Shot 2015-03-05 at 11.44.44 PM

Alguns estressores são controláveis… Por exemplo, algumas atividades e comprometimentos sociais são opcionais, aprender a dizer não para os outros e dizer sim para você, aprender a gerenciar o seu tempo e buscar não ser perfeccionista são questões muito importantes neste momento.

  • Converse com seu parceiro e certifique-se de que os planos do seu casamento refletem de verdade os seus desejos. Uma grande festa pode ser maravilhosa, desde que valha o esforço e que seja viável financeiramente.
  • Se você conta com a ajuda de um cerimonial, ou assessoria procure delegar o máximo de funções para não se sentir sobrecarregada, se não contar com este serviço peça ajuda aos amigos e familiares!
  • Procure ser leve com você mesma! Muitas vezes nos cobramos muito, e é difícil admitir que não temos que dar conta de tudo dentro do tempo que temos disponível…tire a “capa de mulher maravilha” e se dê permissão para ser humana!
  • Aceite que você não poderá controlar todas as variáveis que envolvem a organização de um casamento. Qualquer evento que envolve tantas pessoas terão algumas imperfeições, pois se tratam de seres humanos!
  • Use estratégias de gerenciamento de tempo para delimitar as prioridades e se tornar mais efetiva.– 

Screen Shot 2015-03-05 at 11.46.05 PM

Se cuide! O problema do estresse não são os estressores propriamente ditos, mas sim como lidamos com eles!

  • Procure dormir bem
  • Faça exercícios físicos
  • Tenha hábitos alimentares saudáveis
  • Invista exercícios de relaxamento, meditação, Yoga, etc.
  • Converse com alguém sobre suas emoções, expectativas, sentimentos e sensações. Se puder, procure uma ajuda profissional!
  • Procure fazer coisas que te dão prazer
  • Tome um tempo para ficar com seu amor!
  • Se dê permissão para ser humana, procure ser leve com você!

E… não se pressione para fazer muitas mudanças de uma vez!

Incrível como muitas de nós fica estressada, irritada, sensível e até mesmo cansada dos preparativos. Mas calma, você não está sozinha nessa. Aconteceu comigo. Mas eu decidi que não deixaria nada tirar o encanto e a magia do meu casamento, afinal, a festa de casamento dura poucas horas, cabe a nós fazer de todo o período do noivado uma grande festa!

Obrigada pelas dicas Carolina! Quem quiser conhecer um pouco mais das pesquisas dela é só acessar: projetobemcasados.com.br.

Screen Shot 2015-03-06 at 1.56.55 AM

  • Débora

    Mah, com certeza um dos melhores posts que já passou por aqui e olha que eu sou assídua e leio todos logo pela manhã, rsrsrs! Super me identifico com esses sintomas e tento ao máximo não perder a energia por conta disso. Tento acreditar que no final Deus vai iluminar para que tudo dê certo. Um beijo!

    • Berries and Love

      Ei Débora que bom que acompanha sempre!
      Fiquei super feliz por você ter gostado do post!
      Às vezes a gente só precisar parar, respirar e lembrar da sorte que temos em nos casar com o amor da nossa vida, né? O resto não deve ser maior que isso!
      Beijo